16. DE BAR EM BAR. A VIA CRUCIS DE UMA AMIZADE QUE FOI PRO BELELÉU

de bar em bar

Arte: Cordeiro de Sá

Por Alex Vilhena

De bar em bar. Um desses contos que desce tão bem quanto tomar um chopp gelado no calor de Ribeirão Preto.

Diálogos bem trabalhados, humor enrustido e revelações de cair o cu da bunda.

Então, por favor, pegue uma cadeira e aprecie sem moderação (numa golada só) esta obra do mestre Raul.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s